Páginas

sexta-feira, 7 de dezembro de 2012

Amar sempre.

É bom
Quando
Amo.

Sentir
Este
Calor,

Como
Fogo
Fatal.

Queima
Arde
Fere,

Mas
Faz
Festa

O amor
Tem
Alma.

Toninho.
****************************************************
Um belo fim de semana a todos.
Mindim uma estrutura criada pela poetisa Luna Di Primo.
http://mindimlunadiprimo.blogspot.com.br/ 
*******************************************
Interação da amiga Elisa.T.Campos Obrigado Elisa   http://pintandohaikai.blogspot.com.br/

Mindim
virou
vício

culpa
da
Luna

Criou
Poema
Assim

quinta-feira, 6 de dezembro de 2012

Mindim_Arquiteto das curvas











Viveu
Pela
Arte.

Traçou,
Riscou.
Criou

Belas
Obras
De arte.

Tinha
Como
Marca

Linhas
Curvas
Livres

Como
Corpo
De mulher

Como
Ondas
Do mar

Seu
Mundo
Oval

Com a
Sutil
Foice.

Toninho.
05/12/2012
Sempre fez mostrar seu amor ao PCB usandoa as curvas da foice sutilmente.Uma simples homenagem ao grande arquiteto Oscar Niemeyer 104 anos.
Algumas ilustrações de suas obras.






**********************************************************
Compartilho de fato e ato.
Pessoal a nossa amiga Edilene precisa de um ato de amor.
Para uma cirurgia que vai mudar sua vida. Confiram:
http://professoraedylene.blogspot.com.br/2012/12/vakinha-social.html

terça-feira, 4 de dezembro de 2012

Sonhos no coração de uma mulher



 
                                                 


 

 



Sua vida simples e recatada,                                    
A pureza de mulher sonhadora,
Queda-se à paixão avassaladora,
Como o toque de vara da fada.

Pelo seu amor se fez pastora,
Nas suas noites enluaradas,
Ajuntar estrelas desgarradas,
Nas metáforas duma escritora.

Assim vive mais apaixonada,
Sem medo da vida de outrora,
Mesmo as lembranças ancoradas.

Que vêm em forma retumbada,
Como sinos anunciam a aurora,
Vive os sonhos de mulher amada.

Toninho.
Da série apenas uma inspiração.

************************************************************
 Ainda que os sonhos se despedacem pela manhã, eles sempre serão uma forma de nos levar e guiar por caminhos da bela loucura. Toninho.