Páginas

sexta-feira, 2 de janeiro de 2015

Origem dos versos.










A poesia tem moradia certa no coração,
quando ele pulsa e pulsa expulsa versos,
ora tristes, ora alegres eis a inspiração,
logo estes versos têm os endereços certos.

Às vezes o coração se entristece e padece,
momentos que geram versos melancólicos,
são versos molhados de saudade e de dor,
o que buscam rimas perdidas num amor.

Há quem tem uma poesia bem na alma,
são os iluminados inspiradores de Deus,
constroem os versos belos e perfumados,
dentro a alma sublima em forma de flor.

Então vamos jogando palavras ao vento,
que abençoadas vão caindo nos caminhos,
aonde pisam com leveza e encantamento,
colhendo as palavras em forma de poesia.

que seria da vida sem esta chuva rítmica,
a adubar cada sentimento de nosso povo,
ainda crente nos momentos de esperanças,
que impulsionam nossos sonhos pela vida.

E eu vou por ai, liberando alma e coração,
porque sei que neles há uma bela usina,
que gera milhões de megatons de energia
que ativam o meu reator de inspirações.

Toninho
29/12/2014.  
***********************************************
Desejo que o ano tenha iniciado bem para você e que cada dia seja de renovada esperança.
Veja o que tem por lá : toninhobira.blogspot.