Páginas

sábado, 11 de junho de 2016

Assim meio assim.


Foto Google

Eu sigo pela vida assim meio,
meus meios não se conspiram,
com as minhas intenções fins.
E sinto meio torto à esquerda.

Às vezes penso que sei os meios,
para o que não remediado está.
Persevero na fé e na esperança,
com olhos voltados para o alto.

Ainda que seja obscura crença,
saber a síntese da minha vida,
há o metabolismo a dilacerar,
os fragmentos dispersos no ar.

Vago pela noite um seresteiro,
sob a neblina, sob a luz da lua,
que ilumina meus passos lassos
sobre as pedras, que sussurram.

Da sacada florida do casarão,
uma voz doce recita os versos,
que falam do amor como fogo,
que acende a minha esperança.

Toninho
07/06/2016
Meu outro espaço: toninhobira.blog


**************************************
A todos um feliz dia enamorados.

domingo, 5 de junho de 2016

Amor assim.













E foi assim, que se amaram tanto,
tanto que desejaram ser eternos.
O amor que não sabia do pranto,
nascera naquela tarde de inverno.

E foi assim, que se doavam felizes,
para a caminhada plena de razão,
superação numa fixação de raízes,
que solidificasse aquela bela união.  

E foi assim, que viveram de amor.
enriquecidos pelas juras amorosas.
que temperava e recriava o sabor
no aconchego de noites carinhosas.

E foi assim no domínio de Cupido,
que fez das vidas o mar de rosas,
rebelou-se então no frio e temido
algoz com a crueldade silenciosa.

E foi assim que este infinito amor,
foi desfeito em duas vidas vazias
secaram as caricias chegou a dor,
que esmagou duas vidas de poesias.

Toninho.
26/05/2016
********************