Páginas

terça-feira, 11 de julho de 2017

Vi teus olhos era lua cheia


















É noite mar revoltoso de lua cheia.
Uma ventania coreografa a dança,
coqueiros bailam, beijo-te a trança,
a praia deserta só a luz de candeia.

Lua espelha o mar, brilha a aldeia.
Vi-te com flores o ritual à Iemanjá,
e o mar serenou pela arte do orixá,
que sentiu pés na areia com a ceia.

Vi-te branca, como flor de manacá.
Nesta noite de luar que incendeia,
há frisson, bem sei como terminará.

Então a lua girou uma volta e meia
ouve-se canto mavioso de um uirá,
¹Uirapuru é sorte. Amei-te na areia.

Toninho
08/07/2017

Nota 
¹ Uirapuru: Seu canto mavioso é longo e melodioso, parecido com uma flauta, só é ouvido no inicio do amanhecer, enquanto constrói o ninho para atrair a fêmea, durante uns 15 dias por ano.

Texto inspiração veio de um convite lá de Lagos em Portugal feito pela Majo no seu blog Vivenciar a vida. Proposta: Olhar a Lua às 22 horas de Brasil no domingo 7/7 e Portugal.




17 comentários:

  1. Que lindo,querido amigo Toninho.

    uma pérola como todas as que escreve.Sua descrição da mulher com metáforas maravilhosas!
    Conclusão: é um poeta e dos melhores e amo seus espaços!

    Obrigada pelas visitas e volte sempre.

    Beijos sabor carinho e lindo finalzinho de noite !

    Donetzka

    ResponderExcluir
  2. Mais um poema que nos encanta pelo romantismo e a inspiração sempre maravilhosa. Beijos!

    ResponderExcluir
  3. Lindooooooo o poema... Tens mesmo veia de poeta...escreve cada coisa linda...adoro te ler...

    Beijos, Toninho...

    ResponderExcluir
  4. Uau! Que linda inspiracao esse olhar a lua te prporvionou. És mesmo um grande porta,Toninho!Adorei! Abração praiano , chica

    ResponderExcluir
  5. É sempre um prazer enorme ler os seus belos momentos de poesia caro amigo Toninho ,pois fiquei encantado do princípio ao fim ,um grande abraço ,muitas felicidades

    ResponderExcluir
  6. Ah! a magia e todo encantamento de uma noite de amor so á luz da lua e envolvidos pelo canto do uirapuru, o pássaro encantado. Lindos versos poeta!!

    ResponderExcluir
  7. Tem coisa mais linda que a lua?
    Ainda mais qdo está cheia é um espetáculo.

    bjokas =)

    ResponderExcluir
  8. A gente absorve toda a beleza de uma lua amorosa em seus versos, que contagiam toda a mágica de mais essa poesia da vida! Entrelaçam-se o humano com trilha sonora natural de encantamento - o "uirapuru"!
    Abraço.

    ResponderExcluir
  9. Amigo poeta, que belezura, mais uma vez dando um show.
    Um grande abraço.

    ResponderExcluir
  10. A minha proposta proporcionou apenas um grande e emocionante encontro de Amizade pura e sincera...
    O seu poema revela a intensa criatividade romanesca que o luar espelhado no mar inspira e resultou muito belo e abençoado pelos deuses do candomblé baiano que até pausaram o temporal e fizeram ouvir o canto raro e maravilhoso de um uirapuru...
    Um lindíssimo 'post' poético, estimado Amigo.
    A Marisa canta e encanta...
    O meu grande abraço de muita admiração e estima.
    Até ao meu regresso.
    ~~~ Beijos ~~~

    ResponderExcluir
  11. A lua a cada aparição nos proporciona espanto, como se a visse pela primeira vez. E, aos poetas é dada a licença poética pra enfeitá-la e faze-la mulher.
    Romântico e sensual o poema Toninho._Parabéns, sempre parabéns!
    Abraço

    ResponderExcluir
  12. Olá, amigo Toninho!
    Tão lindo!
    O mar e a lua cheia nos enfeitiçam...
    A flor de manacá é cheirosa e belíssima...
    Foi o que mais me tocou pela relação amorosa e efetiva com a beleza da mulher que inspirou o poeta a compor formosos versos.
    Seja feliz e abençoado!
    Bjm de paz e bem

    ResponderExcluir
  13. Boa noite Toninho.
    Que belíssimo poema, a lua é realmente uma grande inspiração. Um feliz final de semana meu amigo. Grande abraço.

    ResponderExcluir
  14. Romântico e belo poema.
    A lua e amor a tocar o coração do poeta.
    Bom fim de semana
    Beijinhos
    Maria de
    Divagar Sobre Tudo um Pouco

    ResponderExcluir
  15. Um belo poema, Toninho... sobre a lua... que sempre se revela uma inesgotável fonte de inspiração para todos os poetas...
    Adorei ler! Um grande abraço!
    Ana

    ResponderExcluir
  16. Boa tarde, Toninho.
    Bela inspiração, encantada com tua poesia!
    Linda em cada verso, soube poetizar bem o que queria ba ausência e presença de certas palavras.
    Senti-me maravilhada do lado de cá.
    Parabéns!
    Beijos na alma.

    ResponderExcluir
  17. Como a lua nos inspira... amei a poesia! Lua e amor num conjunto maravilhoso! bjs

    ResponderExcluir




Obrigado pela sua visita.
Alguma dificuldade ou desconforto neste blog como tamanho de fonte, dificuldade de comentar, links maliciosos etc favor comunicar para corrigir.
Caso não tenha um blog poderá comentar como anonimo e no fim colocar seu nome ou não para que possa agradecer.
Fique a vontade!
Meu abraço de paz e luz.