Páginas

quarta-feira, 19 de julho de 2017

A face oculta.





Quem é a mulher atrás de um véu,
que vi desfilar na rua? É tão bela,
que ao pintor inspirou a viva tela,
em linhas delicadas de seu pincel.

O olhar envolvente de pura magia
seduz e inspira desejos excitantes,
no balanço de quadris alucinantes
é puro êxtase, ver a sua travessia.

Quisera não fosse só uma fantasia,
a mulher que atrai-me num sonho,
causa torpor arquiteta da euforia.

Sei que numa noite de entressonho,
a queda do véu virá como sangria,
dos versos da poesia que componho.

Toninho.
02/07/2017